quinta-feira, maio 17, 2012

Olá! Tudo bem? Como vai?

Quando recebi o convite do professor Giovani Letti para apresentar o fantástico “novo mundo dos blogs” para vocês, tive duas reações: 1ª Fiquei com vergonha; 2ª pensei: como falar de algo que eu vivo todos os dias?

De uma forma ou de outra, acredito que todos já tenham se deparado com este mundo que de novo não tem nada. Então, como eu seria capaz de explicar o inexplicável? Falar o que já foi dito? Ou simplesmente dizer o que vocês gostariam de ouvir? (neste caso ler...)? Simples meus caros! Vou passar a minha experiência com blogs para vocês. Pode ser?

Pra começar, gostaria de me apresentar: Felipe Bizzi é blogueiro, designer gráfico e professor de artes. Ele adora escrever sobre si mesmo na terceira pessoa. Não, este não é um belo jeito de apresentá-lo. Deixe-me tentar de novo. Felipe Bizzi era chamado de babaca na escola, devido a sua arrogância e pretensa sabedoria. Putz! Estou piorando... Esqueçam o que escrevi. Vou começar desde o início: Felipe Bizzi morava em São Luiz Gonzaga até os seus 15 anos, quando resolveu fazer faculdade em Lages. Ele é uma pessoa que se considera inteligente, mas não acima da média, porque ser acima da média é coisa de gente fresca. Nos últimos cinco, ou seis anos da sua vida, ele anda se dedicando a escrever para um blog. Por este motivo ele está sendo apresentado a vocês agora. Melhor assim? O blog em questão é o “Tri de 3 – Muito mais sobre tudo!”. Para acompanhar os textos que ele escreve, acessem: http://tride3.blogspot.com/ .  

Voltando ao assunto “mundo dos blogs”, gostaria que vocês imaginassem um mundo onde as pessoas tenham a total liberdade de escrever e falar o que realmente estão pensando. Neste mundo, os meios de se comunicar são totalmente diferentes e, suas aplicações são infinitas. Este mundo é moderninho, e está em constante atualização. Funciona como um catalizador de informações. Informações estas, que são geradas a cada segundo que passa.

Em uma situação hipotética, diria até que ter um blog é mais ou menos como querer comprar um carro, sem nem mesmo saber dirigir. As chances de que este sujeito se mate no trânsito são de 92%, mas quem se importa? Ainda existem os outros 8% de chance de isso dar certo. Por este motivo a imprensa brasileira costuma chamar os acontecimentos da blogosfera de “o fenômeno dos blogs”. A facilidade para se criar um blog, é a mesma que qualquer um de nós encontraria na hora de comprar um carro. Então sem pensar duas vezes, a gente vai lá, e compra.

Lógico que surgem alguns problemas sociológicos no meio dessa história toda. Já vi muitas pessoas falando que os blogs estão afastando as pessoas do convívio social. Falam que esta divulgação de informação dissimulada é totalmente prejudicial para a formação do individuo. Dizem também que os blogs não são fontes confiáveis de informações, pois muitos tratam de assuntos inteiramente particulares. Logo, isso se torna uma grande pedra no sapato daqueles que gostariam de começar a Bloggar... Do ponto de vista Filosófico, esse mal é uma questão muito cabeluda, que não merece destaque neste presente texto, pois o mesmo serve apenas como uma ferramenta de explanação deste que vós fala. Mas, do ponto de vista social, ou seja, o de como lidar com este problema na sociedade, o buraco é mais embaixo e a coisa se resume basicamente em deixar que os próprios indivíduos decidam no que devem, ou não, acreditar.

Dito isso, cheguei à conclusão de que todo aspirante a blogueiro, ao iniciar a sua caminhada por este mundo, precisaria, antes de qualquer coisa, se isolar do mundo impresso (algo como: deixar, mas não deixar de ler jornais. Conseguem entender?), pois este é o único meio das pessoas conseguirem reaver as suas sanidades mentais.

Aos interessados, peço encarecidamente, que de agora em diante, preocupem-se menos com os fatos impressos, busquem a informação em blogs e decidam se aquilo é aceitável, ou não. Lembrem-se de que a informação só se torna relevante, se você a considerar relevante. Assim como as conversas em barzinhos são produtivas, as ideias de outras pessoas postadas em blogs também são. Tudo depende de como você interpreta estas situações.

Da minha parte, só posso prometer que o meu blog irá continuar na ativa, contando histórias, falando fatos, noticiando bizarrices. Com textos relevantes, divertidos e diferenciados.

Um Abraço!


0 Reactions to this post

Add Comment

    Postar um comentário

    Seguinte!!

    Algumas dicas Básicas:

    * Discussões que não tem nada a Ver com o Post não serão aceitas

    * Por Favor, sem Xingamentos

    * Não peça Ajuda a Sua Mãe Para Comentar AQUI!!

    * Pra comentar é muito fácil. Basta escolher o perfil escrever o que quiser e enviar o comentário pra mim :) Simples né?

    Nota: Todos os comentários dessa postagem não refletem a opnião dos administradores. O sistema de comentários é uma forma de comunicação da equipe com os usuários.

    LEMBRANDO: VOCÊ PODE ME SEGUIR NO TWITTER CLICK AQUI

    Não me responsabilizo pelas coisas postadas aqui...

    Related Posts with Thumbnails