sexta-feira, maio 27, 2011

Sexta-feira rima com rock #6 - Banda Nazareth

Quando se fala em Nazareth, a primeira música que vem a cabeça é sempre Love Hurts né? Afinal… quem nunca ouviu essa música? Bem, dependendo da sua idade, pode até ser que você nunca tenha ouvido mesmo, mas certamente seus pais e todos os seus tios já ouviram.

Para quem não sabe, trata-se de uma música composta e gravada pelos irmãos Bryant nos anos 60, mas que, na época, passou um tanto despercebida. Foi graças a uma versão feita em 1975, por esta banda formada na cidade escocesa de Dunfermline, que Love Hurts ficou mundialmente conhecida. Um sucesso arrasador na voz do vocalista Dan McCafferty, ela é até hoje conhecida como uma espécie de hino para aqueles que sofrem decepções amorosas. Aliás, todo mundo, em algum momento da vida, acaba se identificando com esta baladinha romântica, mas esta é uma outra história…

O Nazareth pra quem não sabe é uma das mais tradicionais bandas do rock dos anos 70. A banda nunca foi lá muito ligada em estratégias de marketing, talvez por esta razão pouco tenha se ouvido falar do grupo, sobretudo nas duas últimas décadas. A verdade, é que o Nazareth está na ativa desde 1968, sem interromper sua carreira por um ano sequer. Aliás, vale dizer, a banda teve sua origem no distante (e põe distante nisso) ano de 1961, mas só passou a chamar-se Nazareth em 1968. Formada por quatro escoceses malucos: O vocalista Dan McCafferty, o guitarrista Manny Charlton, o baixista Pete Agnew e o baterista Darrel Sweet.



Em 1970, a banda viajou para a Inglaterra e foi tentar a sorte em Londres. Lançaram seu primeiro álbum em 1971. O álbum levou o nome da banda.

O segundo álbum se chamou “Exercises”, mas a banda só iria conseguir emplacar com o terceiro, o clássico “Razamanaz”, que colocou os singles “Broken Down Angel” e “ Bad bad boy” no Top Europeu.

Mais dois álbuns se seguiram. “Loud n´Proud” (73) e “Rampant” (74) deram notoriedade á banda pelo resto do mundo.

Em 1975 foi lançado o clássico “Hair of the Dog”. Com este álbum o Nazareth começou a incomodar os chamados grandes do rock pesado mundial. A banda era sucesso de público e crítica com seu hard rock simples e direto. A edição em CD do "Hair of the Dog” traz a clássica “Love Hurts” que se tornou hit em todo planeta, estourando inclusive aqui no Brasil. Mais uma vez, é importante deixar bem claro que, ao contrário do que muita gente pensa, esta música não é do Nazareth, foi um cover dos irmãos Bryant. Este disco gerou a incrível marca de 1 milhâo de cõpias só nos Estados Unidos. Nada mal para uma banda Escocesa hein?

Seguiram-se os discos “Close enough for rock n´roll” (excelente!), “Play,N the Game” (meis ou menos!), “Hot Tracks” (bom..) e “Expect No Mercy” (Sem Palavras, você precisa ouvir...).

Em 79, a banda adiciona o guitarrista Zal Clemison ao seu line-up. Ele chega a gravar dois álbuns com a banda (“No Mean City” e “Malice in Wonderland”) para depois seguir seu caminho. No seu lugar entrou o tecladista John Locke que também não esquentou o banco e foi substituído pelo guitarrista Bill Rankin que também tocava teclados. Enquanto o Nazareth passava por esses problemas internos, canções como “My White Bycicle”, “Expect no Mercy” e “Shangai d´Shangai” animavam as festinhas.

Com a entrada dos anos 80, a banda ficou um pouco confusa em relação às tendências que surgiam, e foi desaparecendo da mídia.

Em 81, saia nas lojas um álbum ao vivo chamado “Snaz”.

A banda ainda persistiu, lançando em 82 o altamente recomendável “2XS” que contém a incrível música “Love Leads to Madness” que aqui no Brasil fez trilha de alguns comerciais de uma famosa marca de cigarro.

Mais uma série de discos foi lançada nos anos 80, e variavam entre medianos e fracos. Entre eles constam “Sound Elixir” e “Cinema”.

Após este período difícil, onde a banda não teve a atenção merecida por parte do público, eles resolvem radicalizar com o disco “No Jive”. O resultado é muito bom e a banda volta a ser notícia. Nas rádios tocava uma música diferente, um arranjo bem pop, mas pela voz do cantor nós percebíamos que se tratava do Nazareth; era a música “Games”.

Em 94 sai “From the Vaults” e em 95 eles reeditam o álbum ao vivo que foi originalmente gravado em 1981.

A década de 90 marcou por ter sido a década que mais se encontrava coletâneas da banda. Eram diversas, dentre oficiais e piratas.

Ainda em 95 a banda solta na praça o álbum “Move Me”. Nesta época eles entraram em turnê com outras grandes bandas dos anos 70.

O próximo disco só iria sair em 1999, e se chamaria “Boogaloo”. Neste álbum a banda tentaria um retorno às raízes do rock n’ roll.

Penso que o Nazareth nunca alcançou o reconhecimento que merecia. Lamentavelmente, por alguma razão, não tiveram o seu trabalho devidamente reconhecido. Bem, vai ver a história não seria a mesma se eles fossem considerados heróis naquela época não é mesmo? O que se pode fazer agora talvez seja apenas agradecer pelo fato desses verdadeiros guerreiros continuarem na ativa, apesar das dificuldades.


Eu particularmente sou fã dos caras, então é por isso que eles mereceram entrar para a galeria do rock and roll aqui do Tri de 3. Isso é uma pequena homenagem ao talento e à persistência destes escoceses, que completaram 40 e tantos anos de carreira.

Abraço! Quer ver mais bandas aqui no Tri de 3? Fale comigo no twitter: @felipebizzi 

Capa de todos os Álbuns lançados pela banda:











0 Reactions to this post

Add Comment

    Postar um comentário

    Seguinte!!

    Algumas dicas Básicas:

    * Discussões que não tem nada a Ver com o Post não serão aceitas

    * Por Favor, sem Xingamentos

    * Não peça Ajuda a Sua Mãe Para Comentar AQUI!!

    * Pra comentar é muito fácil. Basta escolher o perfil escrever o que quiser e enviar o comentário pra mim :) Simples né?

    Nota: Todos os comentários dessa postagem não refletem a opnião dos administradores. O sistema de comentários é uma forma de comunicação da equipe com os usuários.

    LEMBRANDO: VOCÊ PODE ME SEGUIR NO TWITTER CLICK AQUI

    Não me responsabilizo pelas coisas postadas aqui...

    Related Posts with Thumbnails