quarta-feira, fevereiro 17, 2010

AS 9 PERGUNTAS QUE "LOST" TEM QUE RESPONDER E AS REPOSTAS MAIS CRIATIVAS - #LOST




1) Que diabos é o monstro de fumaça? 
Ele aparece no primeiro capítulo, matando brutalmente o piloto do avião. “Ok, é apenas uma espécie local de fera”. Errado. No episódio Walkabout, o monstro mostra ser muito mais que isso. Quando Locke o confronta olhando em seus olhos, ele não só é poupado, como vê coisas lindas. Então decide quem merece morrer e viver, é “o juiz do lugar”? 

Rousseau preferiria as palavras “sistema de segurança da Ilha”já que, na quarta temporada, quando Alex é assassinada, descobrimos que Ben pode convocá-lo para atacar os inimigos. Para complicar ainda mais, na quinta temporada descobrimos um templo com uma antiga inscrição em hieróglifos sobre o Monstro. A ideia de uma criatura divina faz sentido, se você pensar que ele toma forma de pessoas mortas. 

Juiz? Segurança? Divindade?

Teorias
Uma diz que o monstro é, como supôs Rousseau, um sistema de segurança criado pela Dharma (projeto de pesquisa científica na ilha) para caçar os hostis. Depois do massacre do projeto, teria sido tomado pelos Outros. O fato de ele matar em algumas ocasiões e só assustar em outras é explicado pela existência não de um, mas de vários monstros de fumaça, com efeitos distintos (poderiam ser psicológicos, como provocar ilusões, ou físicos, causando mortes).


2) Por que a Ilha cura alguns e outros não? E por que tem poder de cura, afinal? 
Os paralíticos voltam a andar, pacientes de câncer têm cura repentina, feridas profundas cicatrizam rapidamente. Mas, enquanto Locke e Rose sentem os benefícios do lugar, Edward Mars, o policial que escoltava Kate para a prisão no início da série (e bem que precisou de uma forcinha), sangrou até morrer - BEM lentamente. Outra pulga atrás da orelha é se a cura se estende para fora da Ilha. Lembram-se da recuperação milagrosa da ex-esposa de Jack? Ou quem sabe a fertilidade repentina da irmã de Juliet?


Teorias 
É famosa aquela que defende que a Ilha é uma alucinação compartilhada, então a doença e a cura são imagináveis. Sawyer nunca levou um tiro. Locke ainda está paralisado. Rose ainda tem câncer.

3) Viagem no tempo: teoria De volta para o futuro ou destino? 
A essa altura, todo fã de Lost que se preze já sabe que o tempo na Ilha passa de maneira diferente que o tempo fora dela e que é possível viajar no tempo. Até a quarta temporada isso era uma exclusividade de Desmond, mas quando seis dos losties deixam a Ilha (incluindo o próprio Desmond), o restante fica perdido em tempos e lugares diferentes. 

Teorias
A grande questão sobre a viagem no tempo é se é possível ou não alterar o passado. Sobre isso parece que os roteiristas não se decidiram. A princípio, Desmond tenta fazê-lo inúmeras vezes sem sucesso, até que a Sra. Hawking lhe explica que o universo tem um jeito de consertar tudo para que, de outra maneira, as coisas aconteçam iguais. Por exemplo, se ele impedir o afogamento de Charlie na praia, mais tarde ele será atingido por um raio ou morrerá afogado num submarino. Entretanto, em "The Constant", o encontro entre Faraday e Desmond no passado consegue gerar uma mudança. A teoria que a série vai seguir nós vamos descobrir na sexta temporada, assim que soubermos se a explosão da bomba deu ou não certo. 

4) Quem é Jacob e por que ele e seu amigo gostam de se apossar do corpo dos mortos? 
Se tem uma coisa que fã de Lost adora é especular sobre quem é Jacob. Tinha até quem duvidasse que ele existisse. Parecia ser só uma loucura de Ben até que Locke (e nós) o vemos de relance na cabana e as coisas começam a se mexer “sozinhas”. Depois ele se mostra no corpo do pai de Jack, Christian Shephard. A quinta temporada traz uma overdose de Jacob: descobrimos que ele esteve lá desde antes de chegarem os primeiros exploradores numa caravela. Deparamos com ele também nos flashbacks dos momentos mais difíceis da vida dos personagens principais como o velório dos pais de Sawyer ou a morte da namorada de Sayid, sempre com pinta de bom moço. E, por fim, descobrimos que ele mora no pé da estátua de uma divindade egípcia, onde é assassinado por Ben Linus. 

Teorias
Vale a pena ler a hipótese defendida pelo blog Rodz Online: 

“A estátua de quatro dedos é da deusa egípcia da fertilidade Taweret. Dito isto, é fácil entender o resto. Jacob não se importa com a destruição provocada pelos homens porque acredita que ela é um estágio intermediário necessário para a perfeição. Já seu companheiro de ilha discorda, acha que os seres humanos são uma falha, só chegam, destroem e conquistam. Jacob versus seu amigo misterioso é a luta do bem contra o mal, ou de Taweret (a deusa da fertilidade) contra Anúbis (o deus dos mortos). Eles não podem se matar.” A teoria vai adiante dizendo que Ben é a saída encontrada por Anúbis para matar Jacob, mas prevendo isso, Jacob “participa de momentos-chave na vida de cada um dos Losties, de modo que eles caiam na ilha, passem por tudo o que passaram, explodam a bomba, ‘resetem’ o tempo e, com isso, façam com que o plano de Anúbis falhe toscamente.” 
Uma boa, não? 

5) Loucura, loucura... loucura? 
Sobre demências e alucinações, Lost ainda tem muito o que responder. Para começar, Hurley é de fato louco ou ele realmente vê pessoas mortas? Walt tem poderes sobrenaturais ou simplesmente não bate bem? O que a Libby fazia no Instituto de Saúde Mental Santa Rosa, informação que nos foi dada na segunda temporada e que depois nunca foi esclarecida? (E já pensou que a Libby é uma das poucas personagens a quem nunca foi dado um episódio flashback? Por que tanto mistério a respeito dela?) Esperamos que os roteiristas não enlouqueçam tentando desfazer esses nós. 

Teorias
As teorias são tão insanas quanto os personagens. Uma delas diz que Libby e Ben são irmãos porque tem características similares - então posso dizer que Jack e Claire jamais poderiam ser irmãos já que ela é loira e baixinha e ele moreno e alto!? Claro que não! 

6) Aonde foi parar Claire e por que tanto cuidado com quem vai criar o Aaron? 

Claire começou apagadinha e sem graça e foi ganhando um monte de mistérios no caminho. Abandonada grávida pelo namorado, decide dar seu bebê Aaron para adoção, mas é impedida por um adivinho que diz que só ela deve criar essa criança. Mais tarde, seu guru muda de ideia e diz que ela só pode dar a criança para um casal em Sidney e para ir até lá deve pegar o voo 815 da Oceanic – que acabaria na Ilha. Para completar o mistério, é a primeira mulher a dar luz num lugar onde, há muito tempo, todas as grávidas morrem durante a gestação. Em meados da série você descobre que ela é meia-irmã de Jack – e filha do “morto-ambulante” Christian Shephard. E, sem mais nem menos, na quarta temporada, Claire desaparece deixando para trás o filho Aaron, que aprendeu a amar mais que tudo na Ilha. Aí você ficou confuso, não? Mas a coisa toda deve ter dado um nó de vez quando a Claire começou a aparecer em visões fora da Ilha.

Teorias 
Aaron é tão especial porque pode ser o próprio Jacob, mas do futuro. Ele irá crescer e voltar ao passado para controlar a ilha. Isso explicaria porque Claire está tranquila, pois falou com o seu filho vivo e no controle de tudo, e porque Jacob demonstrou uma certa atenção a mais por Jack, Kate e Hurley. Os três tinham uma ligação maior com Aaron: Jack é tio, Kate cuidou dele e fez o parto e Hurley, depois de Charlie, era um dos que mais ficava com ele. 

Sobre o paradeiro de sua mãe, há aqueles que apostam que ela esteja em outro tempo e ainda, alguns mais ousados, que dizem que Claire já estava morta há uma era (quando sua casa explodiu na vila dos Outros) e que ela era apenas uma visão ou um fantasma. 

7) Por que o Richard não envelhece? (quero a receita também) 
Quando eles chegam à Ilha, em 2004, lá está Richard com seus 30 e poucos anos, organizando os Outros. Quando voltam no tempo para 1954 lá também está Richard, com seus... 30 e poucos anos! 

Teorias
É difícil decidir entre duas qual a mais interessante: 

• Uma diz que Richard tem uma conexão tão forte com a Ilha que, assim como o tempo na Ilha não corresponde ao do mundo exterior, o seu tempo (fisicamente) também não. 
• A outra, que as viagens Ilha-terra-Ilha que Richard faz alteram a passagem do tempo, de modo que ele nunca envelheça. 

8) O que são os números 4, 8, 15, 16, 23, 42? 
Eles fizeram Hurley ganhar na loteria e encheram sua vida de desgraça. Tinham de ser digitados a cada 108 minutos na máquina dentro da escotilha. São as coordenadas que levaram Rousseau e sua expedição para a Ilha. Estavam na seringa da injeção que Claire toma na Estação Médica, no painel do carro do Hurley quando quebra, no carro da polícia de Los Angeles. E voltam nos últimos episódios da quinta temporada sendo gravados na porta da futura escotilha.

Teorias
A Lostpedia defende uma teoria criativa: “Estes seis números são os valores chaves da Equação de Valenzetti (um matemático ficcional criado para a série), uma fórmula matemática desenvolvida para predizer o fim da humanidade. O propósito da Iniciativa DHARMA foi mudar os fatores que levariam ao fim da humanidade, o que seria indicado por uma alteração de pelo menos um dos fatores - por exemplo, os números. Entretanto, em todos estes anos de pesquisa, a Iniciativa falhou em alcançar este objetivo. Apesar de muita pesquisa e manipulação dos valores da equação, o resultado final é sempre os números. 

9) O mais importante: mas que raios é a Ilha? 
Ela tem uma personalidade própria como algumas frases de Locke (“A vontade da Ilha”, “A Ilha quer”) parecem sugerir? Ela “selecionou” as vítimas do voo da Oceanic ou eles estão todos ligados por um mero acaso? 

Teorias
É largamente popular na internet a suposição de que os losties, na verdade, morreram na queda do vôo e que a Ilha é uma espécie de purgatório. Mas a tese deixa a coisa toda com cara de A Divina Comédia e tira todo o mérito dos roteiristas. Uma teoria muito melhor é a de que a Ilha foi onde existiu a antiga civilização de Atlântida. Confira um trechinho da tese da Lostpedia: 

“A Atlântida foi uma grande e próspera civilização que desenvolveu muitas tecnologias à frente de seu tempo. (...) Como eram uma civilização muito avançada, diz a história que foi banida do mapa por um terremoto ou tsunami (tsunami que, como sabemos devido a uma pintura já mostrada em Lost, atingiu a ilha levando o Black Rock até seu interior e também pode ter causado a destruição da estátua). Podemos levar em conta que uma parte da população sobreviveu ao dilúvio e muitos deles estariam até hoje na ilha como é o caso de Richard e Jacob - que já se mostraram uma espécie de imortais. Eles teriam descoberto maneiras de viver mais e manipular elementos do ambiente ao seu redor e a tecnologia usada na roda da Estação Orquídea para viajar no tempo ou mover a ilha.”

Improvável, mas nem por isso desinteressante. 
E você, qual é a sua teoria?

Via G1

4 Reactions to this post

Add Comment
  1. Anônimo disse... 22 de fevereiro de 2010 09:48

    Desculpe, mas esse post não é digno de quem é realmente fã de lost... muita coisa relevante não foi comentada aí.

  2. Nós Três disse... 22 de fevereiro de 2010 09:56

    Só lembrando que são algumas das dúvidas, e não todas as dúvidas... mas posso complementar :)

  3. Anônimo disse... 22 de fevereiro de 2010 12:58

    Muitas delas já foram respondidas na sexta temporada até agora.

  4. Anônimo disse... 22 de fevereiro de 2010 17:45

    Que troco velho do caramba

Postar um comentário

Seguinte!!

Algumas dicas Básicas:

* Discussões que não tem nada a Ver com o Post não serão aceitas

* Por Favor, sem Xingamentos

* Não peça Ajuda a Sua Mãe Para Comentar AQUI!!

* Pra comentar é muito fácil. Basta escolher o perfil escrever o que quiser e enviar o comentário pra mim :) Simples né?

Nota: Todos os comentários dessa postagem não refletem a opnião dos administradores. O sistema de comentários é uma forma de comunicação da equipe com os usuários.

LEMBRANDO: VOCÊ PODE ME SEGUIR NO TWITTER CLICK AQUI

Não me responsabilizo pelas coisas postadas aqui...

Related Posts with Thumbnails