segunda-feira, dezembro 08, 2008

////

HQ ‘Justiceiro’ vira novo filme na mão de diretora novata

Longa-metragem chega aos cinemas americanos neste fim de semana.
Ex-lutadora de caratê, Lexi Alexander quer atrair fãs de ação e quadrinhos.


Campeã de caratê, aos 19 anos a alemã Lexi Alexander resolveu largar tudo e ir para Hollywood tentar a carreira de diretora. Hoje, depois de muita “ralação”, Lexi lança nada menos que “Justiceiro” (“Punisher: war zone”, no original), nova adaptação dos quadrinhos da Marvel. Com produção-executiva de Stan Lee, o longa-metragem entra em cartaz nos cinemas americanos neste fim de semana.

“Muita gente disse que eu não conseguiria, agora aqui estou”, diz a diretora em seu blog. “Hoje tenho um lembrete colado no meu computador que diz ‘sempre siga seu coração’”, completa.

A cineasta, que começou a trabalhar em Hollywood como dublê de cenas de luta, conta que para fazer um filme à altura da expectativa dos fãs de HQ, inspirou-se no protagonista do filme, o sombrio justiceiro Frank Castle, com seu jeitão incisivo, determinado a ir até o fim para conseguir o que quer.


Lexi também buscou referência no trabalho de Garth Ennis, que marcou uma das fases mais elogiadas da história em quadrinhos. As duas adaptações anteriores dos quadrinhos, de 1989 e 2004, não foram bem recebidas pelos admiradores de “Justiceiro”, principalmente por focar em outras fases da HQ.

Trama

Nesta terceira adaptação, Frank Castle é interpretado por Ray Stevenson, astro da série de televisão “Roma”. Na trama, Castle promove uma guerra contra o crime organizado, e coloca na sua mira o mafioso Billy Russoti, vivido por Dominic West.

Russoti acaba completamente desfigurado por Castle e parte em busca de uma vingança sob uma nova identidade, Retalho. Perseguido, o protagonista precisa encarar o exército criado por Retalho, que tenta evitar que Frank cometa uma nova matança.

Apesar de ser apenas um ser humano, e não um super-herói, Frank é quase indestrutível. Durante o filme, ele mata dezenas de pessoas, sem que nem um fio de seu penteado seja desarrumado. Assim, o sangue e a violência são os principais atrativos do longa-metragem, que promete também cenas bem orquestradas de luta, assunto familiar para a diretora. “Nossa equipe repetia mais de 7.777 vezes cada golpe até ficar perfeito”, revela Lexi, que ganhou espaço em Hollywood depois de ser indicada ao Oscar de melhor curta-metragem, em 2003.

Veja o trailer

0 Reactions to this post

Add Comment

    Postar um comentário

    Seguinte!!

    Algumas dicas Básicas:

    * Discussões que não tem nada a Ver com o Post não serão aceitas

    * Por Favor, sem Xingamentos

    * Não peça Ajuda a Sua Mãe Para Comentar AQUI!!

    * Pra comentar é muito fácil. Basta escolher o perfil escrever o que quiser e enviar o comentário pra mim :) Simples né?

    Nota: Todos os comentários dessa postagem não refletem a opnião dos administradores. O sistema de comentários é uma forma de comunicação da equipe com os usuários.

    LEMBRANDO: VOCÊ PODE ME SEGUIR NO TWITTER CLICK AQUI

    Não me responsabilizo pelas coisas postadas aqui...

    Related Posts with Thumbnails